0
Share

33.º Encontro de Filosofia Filosofia e Direitos Humanos | 9 de março de 2019

No dia 9 de março, no Auditório do Museu Nacional de Conímbriga irá decorrer o 33.º Encontro de Filosofia, promovido pela Associação de Professores de Filosofia, e subordinado ao tema “Filosofia e Direitos Humanos”.

Programa

09h00 | Receção dos participantes

09h30 | Palavra de boas-vindas

09h45 | Conferência de abertura

João Cardoso Rosas, Universidade do Minho

10h30 | Painel 1 – Direitos humanos, guerra e políticas de refugiados

Alexandre Franco Sá, Universidade de Coimbra

António José Fernandes, Universidade Lusófona

11h30 | Intervalo

12h00 | Painel 2 – Direitos humanos, educação e igualdade de género

Maria Fernanda Henriques, Universidade de Évora

Olga Pombo, Universidade de Lisboa

13h30 | Almoço

15h15 | Debate – Direitos humanos no mundo digital

Moderador: António Moreira Teixeira, Universidade Aberta

Porque é a privacidade um direito?

Joaquim Escola, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Com a digitalização dos meios de comunicação social ampliou-se o direito à informação?

Paula Pereira, Universidade do Porto

Há liberdade de expressão no mundo digital?

Teresa Calçada. Comissária do Plano Nacional de Leitura

O mundo digital aumentou o exercício de cidadania?

Luísa Ucha, Adjunta da Secretaria de Estado da Educação

17h45 | Encerramento dos trabalhos

18:00 | Assembleia geral

Conferencistas

Alexandre Franco de Sá

Professor Auxiliar do Instituto de Estudos Filosóficos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e Diretor do Mestrado em Ensino da mesma faculdade. É Professor Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, Brasil. Doutor em Filosofia, especialidade Filosofia Moderna e Contemporânea, pela Universidade de Coimbra. Vice-Presidente da Associação Portuguesa de Filosofia Fenomenológica.

António José Fernandes

Ex-membro do Parlamento Europeu (1986-1987), foi titular de uma Chaire (Cátedra) d’Études Européenes, ao abrigo da Action Jean Monnet (1991-1998). Dirigiu o Mestrado em Estudos Europeus, na Universidade do Minho, o Mestrado em Relações Económicas Internacionais, na UNIVALI (Brasil) e na Universidade do Minho, e o Mestrado em Integração Europeia e Economia Internacional, na Universidade Lusófona do Porto, bem como o Curso de Doutoramento em Ciência Política, Cidadania e Relações Internacionais, nesta última Universidade. E, desde Janeiro de 2001 a Outubro de 2007, foi Reitor da Universidade Moderna do Porto, primeiro, e da Universidade Lusófona do Porto, a partir de Setembro de 2005.

António Moreira Teixeira

António Moreira Teixeira é Professor da Universidade Aberta desde 1991 e investigador no Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, do qual é Vice-presidente. Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Artes da Universidade de Lisboa, obteve o grau de Mestre em Filosofia e Cultura na mesma instituição, possuindo igualmente um doutoramento em Filosofia. Atualmente é Presidente da EDEN – European Distance and Elearning Network; Diretor e Secretário da IBSTI; Pró-Reitor para a Inovação e Ensino a Distância da Universidade Aberta; membro do Conselho Administrativo e Académico da Universidade Aberta Internacional da Ásia (UAIA); membro do conselho Consultivo Internacional de Educação a Distância e da Learning Futures Alliance da Massey University – DELFA (New Zealand); membro do Expert’s Board of the Horizon Report for Iberoamerica, membro da e-ASEM network (Asia-Europe Meeting) e Professor Visitante da Universidade Aberta Nacional da Coreia – Coreia do Sul.

Fernanda Henriques

Fez Doutoramento em Filosofia pela Universidade de Évora em 2002, onde criou e foi Diretora, até 2011, do Mestrado em Questões de Género e Educação para a Cidadania. Directora do Curso de Doutoramento em Filosofia. Membro do Advisory Board da revista ex aequo – Revista da Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres. Membro do Grupo Instalador da Associação Portuguesa de Teologia Feminista. Membro do Conselho Editorial da Editora e Livraria Distacco, sediada no Estado de São Paulo, no Brasil. Conselheira do Conselho Nacional de Ética no mandato de 2003 a 2008.

Luísa Ucha (em confirmação)

Licenciada em Geografia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, é mestre em Ciência da Educação pela mesma Universidade. Professora do ensino secundário, foi Diretora dos Serviços de Desenvolvimento Curricular do Ministério da Educação de 2005 a 2011. Coordenou várias equipas de trabalho em projetos de educação em Portugal. Coordenou o grupo de trabalho que definiu as Metas de Aprendizagem para a disciplina de Geografia e o BOOKa Platform (criação de recursos digitais para o ensino). É desde 2015 adjunta do Secretário de Estado da Educação. Em 2016 integrou o Grupo de Trabalho de Educação para a Cidadania

João Cardoso Rosas

Licenciado e Mestre em Filosofia pela Universidade do Porto e Doutorado pelo Instituto Universitário Europeu. É professor associado no Departamento de Filosofia do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho, onde dirige o programa de mestrado em Filosofia Política e coordena o grupo de investigação em Teoria Política. Foi presidente da direcção da Sociedade Portuguesa de Filosofia e é atualmente Diretor do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho.

Joaquim Escola

Professor auxiliar do departamento de Educação e Psicologia da Escola de Ciências Humanas e Sociais da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Doutorado em Educação pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e Mestre em Filosofia Contemporânea pela Universidade de Coimbra onde se licenciou. Os seus interesses de investigação centram-se na Comunicação e Tecnologia Educativa, Educação para os Media, Didática da Filosofia e Filosofia da Educação.

Conferencista convidado em reuniões científicas nacionais e internacionais. Revisor científico em revistas nacionais e estrangeiras. Perito Externo TEIP. Consultor Científico do Projeto Tutoria Digital. Membro integrado do Centro de Investigação da FCT do IF da Universidade do Porto.

Olga Pombo

Licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, doutorou-se em História e Filosofia da Educação pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Entre outros, foi coordenadora científica de vários projectos: “Enciclopédia e Hipertexto”, “Cultura Científica”, “A Imagem na Ciência e na Arte” , “Universal Logics and Unity of Science, “Knowledge Dynamics in the Field of Social Sciences: Abduction, Intuition and Invention”. Foi presidente da Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL entre 2007 e 2012. Foi Coordenadora científica do Centro de Filosofia das Ciências da Universidade de Lisboa (CFCUL) desde a sua fundação em 2003 até Janeiro de 2017. Fundadora, em 2013, do Programa Doutoral FCT “Filosofia da Ciência, Tecnologia, Arte e Sociedade” que coordenou até Janeiro de 2016. É membro fundador da “Société de Philosophie des Sciences” de Paris e, desde 2012, membro do seu conselho de administração. É também membro fundador, desde 2012, da “Cátedra Latino-Americana Leopoldo Zea de Filosofia e Epistemologia”, da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Brasil.

Paula Pereira

Doutorada em Filosofia pela Universidade do Porto, é Professora Auxiliar do Departamento de Filosofia e Directora do Programa Doutoral em Filosofia. É membro do Conselho Científico e do Conselho de Representantes da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, membro da Société Francophone de Philosophie de l’Éducation desde 2007 e da Sociedad Interuniversitaria de Filosofía de Santiago de Compostela desde 2017. As suas áreas de especialização incluem a Antropologia Filosófica, o Pensamento Filosófico Português, a Antropologia Política, a Filosofia da Educação e a Antropologia Filosófica da Educação, Ética e Filosofia Política. Orienta investigação em curso desenvolvida em torno da relação da filosofia com a temática da sociedade contemporânea e espaço público.

Teresa Calçada

Licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi técnica do Instituto Português do Livro de 1982 a 2007 e vice-presidente do Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro, até 1996. Membro do grupo de trabalho que em 1996 definiu as bases e os princípios orientadores do Programa Rede de Bibliotecas Escolares, tendo sido coordenadora do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares até 2013. A 10 de Junho de 2006, foi feita Comendadora da Ordem da Instrução Pública. É neste momento Comissária do Plano Nacional de Leitura.

NOTÍCIAS

Veja aqui todas as noticias APF mais recentes.

VER NOTÍCIAS

EVENTOS

Com carácter científico e didático, dirigidos a especialistas ou ao grande público, os eventos da Apf incluem seminários, palestras, ciclos temáticos, ações de formação creditada e cafés com filosofia.

CONHEÇA OS EVENTOS

RECURSOS

A Apf criou uma área de recursos para professores, estudantes e outros interessados na Filosofia.

VER RECURSOS

Related Posts